Uploaded with ImageShack.us

Que férias! Ceará terra da Gente!!!

Que férias! Ceará terra da Gente!!!

sábado, 24 de julho de 2010

Seqüelas no olhar





Olhar marejado
Peito em mil pedaços
Tiraram seus passos
Progresso malvado
Roubou-lhe o roçado
Desfez seu traçado.

Com olhar já sombrio
No peito um vazio
Nem honra nem brio
Um homem arredio
Com alma tão fria
Vive em apatia.

Bom homem do campo
Não vês mais encantos
Convive com o pranto
Sufoca seu canto
Veste-se com o manto
Suplica a Deus Santo.

Em um triste dia
Veio a Ferrovia
Tudo a revelia
Terras e valias
E desapropria
Seu labor se ia.

Suas mãos calejadas
Contam sua história
Sementes plantadas
Desfeitas agora
Ventos com rajadas
Sua vida indo embora.

Guerreiro da lida
Sozinho estás.
Pois sua querida
Bem longe andará
Não quis essa vida
Deixou de te amar.

Homem de valor
Rebento da dor
Usina de amor.
Por ali ficou
Sua vida parou
Nunca mais amou.

Goretti Albuquerque

11 comentários:

  1. Goretti, como eu ME ENCONTROOOO nos seus textos.

    Bom diaaaaaaaaaa amada!!

    Bjão

    ResponderExcluir
  2. Goretti,
    Gonzagão, lá do céu deve estar aplaudindo-a como eu aqui. Me lembrei de TRISTE PARTIDA. Como você retrata bem a alma do povo nordestino! Dor, sofrimento, mas alegria e poesia acima de tudo. Isso é fantástico, minha amiga! Abração. paz e bem.

    ResponderExcluir
  3. As vezes a beleza e a tristeza se dão as mãos...Assim senti agora.Há perdas que são irreparáveis, mas há tradutores das dores do mundo que nos dão o consolo da poesia como bálsamo para a alma. Mais uma vez vc brilha, querida, e que seu brilho encha de luz a estrada da sua vida.

    ResponderExcluir
  4. Bela postagem!
    Tem selinho prá vc em meu blog!
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  5. Lembro Luís Gonzaga (Rei do Baião)Carmélia Alves e aforça nordestina de vencer, a poesia e a musica popular estão, também, no teu coração.
    A força. o enredo simples, o apego acalorado aos sentimentos, como se o outro fosses tu.
    Quase tudo está dito no "Por acaso".
    Por isso venho "bebendo" o elixir dos teus poemas, ainda que não me embriague.

    Um abração carinhoso com amizade ( ainda que por via digital, vale como se fosse real)

    ARFER

    ResponderExcluir
  6. Identifico-me com esta poesia simples, bela e cheia de significado1

    Parabéns, estamos no mesmo barco: da sinceridade poética!

    ResponderExcluir
  7. Olá Goretti, belo texto...Espectacular....
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá Gorette, que bom vc gostou da tv?!
    Prá tê-la em sua página é só entrar no site www.vemevetv.com.br, nele vc encontra um link prá ter a tv no seu site.
    Se não conseguir me pergunte novamente...Bjo.

    ResponderExcluir
  9. Oi Goretti!

    Adoro sua poesia!!

    Beijos

    Lia

    ResponderExcluir
  10. Vim deixar um abraço a essa minha amiga tão queridaaaaaa!!!!

    ResponderExcluir

Benvindos ao meu kantinho!!!

Piu Piu pra você!

Piu Piu pra você!