Uploaded with ImageShack.us

Que férias! Ceará terra da Gente!!!

Que férias! Ceará terra da Gente!!!

terça-feira, 8 de junho de 2010

Solo Triste.






Se te sentes tão fraquinho
Pensando em desanimar
Pede ao homem consciência
E em tudo melhorar
Salvar os teus nutrientes
Que estão tentando levar.

Solo que nos dá fartura
Põe na mesa o alimento
Pra tanta gente fartar
Exiges conhecimento
Do homem que traga a terra
Deixando-a no esquecimento.

Pedes para a natureza
Ser compassiva contigo
E que ensine ao próprio homem
A não ser seu inimigo
Tira de ti, seu sustento
Mais é um ser pervertido.

Solo do agreste sertão
Castigado pela seca
Espera a chuva já vem
Muito em breve não te esqueças
Os botõezinhos em flor
Brotarão, não te esmoreças.

Faz brotar a erva daninha
Também os lírios do campo
Cobre a relva e toda a terra
Com resplendor e encanto
Se o homem não te cuidar
Em breve virá seu pranto.

Goretti Albuquerque..

9 comentários:

  1. Boa tarde
    Guerreira mulher
    que incansavelmente
    esparrama confissões,
    rimas, emoções
    mundão afora! (jpMourão é meu primo e um grande amigo)

    Suas postagens mais recentes:
    contundentes, mas sem agressividade.
    Na macieza do verso vai dando bem
    direitim o recado ao mundo incivilizado.


    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Goretti,

    Você tem os versos que conscientizam, tem a doçura na escrita, fazendo a seca brotar.

    E que elogio bom aquele, menina linda. Você é uma guerreira encantada.

    Beijo imenso.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  3. Que te leiam bastante pessoas e que se conscientizem.Teus versos precisam ser lidos com atenção e cuidado, o mesmo que a natureza merece!beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  4. Goretti, a sua consciência expressada na poesia humana é algo fascinante. Eu vou homenagear estes seus belos versos com uma citação do Brecht para que saiba o quanto considero isso vital para sensibilizer o outro:
    " Há homens que lutam um dia e são bons, há outros que lutam um ano e são melhores, há os que lutam muitos anos e são muito bons. Mas há os que lutam toda a vida e estes são imprescindíveis".
    Abração. paz e bem.

    ResponderExcluir
  5. Perfeito seu grito...Delicado, mas firme.
    Esta Poesia deveria estar PANFLETADA na mente de quem tem a obrigação de punir quem não cuida e, também, na de todas as pessoas desse mundão em que vivemos. Parabéns sua verve é especial e seu estro muito lindo.

    ResponderExcluir
  6. Como sempre nos emocionando com suas lindas e sábias palavras.
    Bjinhus minha guerreira querida

    ResponderExcluir
  7. Olá Gorette
    Sempre em seus versos nos deixando uma lição de cidadania e consciência sobre a nossa responsabilidade para com o planeta.
    Amei
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olááááá Guerreiraaaaaaa
    Esta foi prá torar!
    Enquanto o solo fica triste
    A mão malvada explora
    Outra terra, outro chão
    E mais árvores vão embora
    Deixando muitas lacunas
    O mundo perde, o homem chora.
    Um abraçaooooo

    ResponderExcluir
  9. Tem um selinho para você no meu blog.

    bjs.

    ResponderExcluir

Benvindos ao meu kantinho!!!

Piu Piu pra você!

Piu Piu pra você!