Uploaded with ImageShack.us

Que férias! Ceará terra da Gente!!!

Que férias! Ceará terra da Gente!!!

sábado, 19 de junho de 2010

Nordeste do cabra de peste




Sinto lembranças lá do calor do meu Nordeste
Dos galhos secos das caatingas entre os ciprestes
Das serenatas da flor silvestre do meu agreste
Do assum preto, mandacaru e cabras da peste.

Um triste hino cantam as mulheres
Em romaria pedindo chuvas, nada interfere
Enfrentam a vida até na morte são uns “Alferes”
Seu tudo é nada fome e poeira, seu mundo fere.

Gente valente sempre contente
Nas tempestades clamam bondades
Com seus rosários e seus hinários
Rogam a Deus por filhos seus.

Alegre é o canto do homem do campo
Chapéu de palha vai com sua tralha
Pro seu roçado já veio à seca, tudo acabado.
Em Deus espera logo vem chuva sua dor supera.

Clima contrário rompeu barragens vem seu calvário
Perdem lavouras, casas e família quanta ironia...
De olhos marejados mãos calejadas sofrem calados
E numa prece olham pros Céus, não esmorecem.

Brilho nos olhos olha seus filhos são seus abrolhos
Com dois gravetos formam fogueiras vão do se jeito.
País tão belo olhe o Nordeste, povo singelo
Gente sofrida sorri da lida, cabeça erguida.

Sou esse povo que recomeça tudo de novo
Mesmo sabendo de altos e baixos vão se erguendo
Meu coração guarda esse cheiro dos meus irmãos
Eu voltarei algum dia e apertarei vossas mãos!



Goretti Albuquerque.
(Nordestina com orgulho!)



Minha homenagem ao dia do "Nordestino" essa "Brava Gente" a esse Povo Honrado!
Parabéns do fundo de minha alma também tão "Nordestina"!!!
Sou cabra da peste!
Salve todos os bravos "Nordestinos", que por onde passam deixam sua marca de valentia da cor do amor e da dor.
Parabéns "Nação Valente!"

13 comentários:

  1. Lindíssima homenagem a esse povo valente! Tens mesmo que ter orgulho!beijos,lindo fds!beijo,chica

    ResponderExcluir
  2. Voz de Amigo

    "É a voz do gostar,
    É a voz do alertar,
    dizendo nas palavras,
    hei! acorde...Quero te ajudar!!!
    É a voz que vem com o que precisamos ouvir,
    ler, perceber, interiorizar...
    Quando não conseguimos ler a nós mesmos,
    Quando nos falta o chão, o teto, o rumo..
    Vem como um "cutucão" benigno..
    Uma sacudida,
    Um alerta..
    Uma sirene que soa o nobre sentimento,
    de luz,
    imenso cuidar..
    Vem com tanta verdade,
    mas, com o cuidado de não magoar..
    Uma voz que Deus usa,
    que vem devagar..
    Que inunda...
    Que traz alegrias..
    Que contagia..
    Uma voz de anjo,
    Uma voz de irmão escolhido...
    Presentes e presente..
    Nos dois sentidos..o de estar e,
    o de jóia inestimável..
    Um mestre de consciência...
    Mestre paciente para ouvir,
    Ser cúmplice nas dores e alegrias...
    Mãos estendidas,
    entrelaçadas...
    Dádiva da vida...
    únicos,
    senhores do bem:
    VOZ DE AMIGO !

    (texto da net).

    Feliz Dia do Amigo e da Amizade pra vc tb.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  3. ótimo teu blog...
    gostei muito desse teu sorriso vontade, desse teu sorriso bonito.
    que bom vir aqui.
    Maurizio

    ResponderExcluir
  4. Tem um lado bom a diáspora dos nordestinos que sempre houve pelo Brasil afora. Aonde quer que a gente vá, encontramos um noedestino(a) apaixonado(a) por suas raízes, que não as nega, seja rico ou seja pobre, valorizando cada quinhão de sua terra natal e enriquecendo a cultura nacional nessa mistura maravilhosa chamada Nação Brasileira. Lindíssima a homenagem, Goreti! Abração. paz e bem.

    ResponderExcluir
  5. Oi menina!

    Tudo bem? Vim te agradeçer pelo carinho e te dizer que tem um selinho pra você lá no blog da vovó Noemia (rsrs). Super beijo... espero que goste.

    ResponderExcluir
  6. A gente sai de nossa terra, mas nunca a esquece. Sempre ficam as raízes.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Goretti, minha amiga.
    Eu faço coro contigo:
    Salve esse povo guerreiro, lutador, que tem a alma isenta de qquer maldade.
    E sabe de uma coisa minha amiga?
    Isso que você escreveu, pra mim é a verdadeira felicidade.
    Pudesse eu sair da cidade grande, e viver aquilo que Elis cantava.
    Uma casa no campo, simples como a vida!

    Um abraço do tamanho do seu coração!!

    ResponderExcluir
  8. Linda sua homenagem a esse povo inteligente e muito belo na sua coragem de enfrentar essa vida difícil.

    ResponderExcluir
  9. Um beijão de domingo, menina linda e querida !!!!

    Bjs do ZC

    ResponderExcluir
  10. Para o Nordeste estar presente
    Não precisa o Brasil
    Ter um Nordeste Independente.

    Nós somos esta nação
    Sul, Sudeste, Centro Oeste
    Entro agora com o Nordeste
    Terra do homem "Lampião"

    Bem, como já tenho sua autorização GG, estou levando emprestado para os contos, com o dever de divulgar este blog e autoria.
    Abração do nordestino da Parayba, arrochado sim sinhor. hahahahahahaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  11. Oi Goretti !
    Encontrei teu blog por acaso. Prazer visitar-te. Teu post rende homenagem às raízes, assim como meu poema HERANÇA. Fica o convite para conhecer IVANCEZAR. Bjs sulinos

    ResponderExcluir
  12. Olá goretti.
    Muito bonita e sentida sua homengem ao povo Nordestino,é muito lovável esse sentimento que nutre pelo seu povo.
    Parabens amiga.
    Muitas bençãos para si e seu povo Nordestino.
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Homenagem merecida ao povo Nordestino.

    Uma boa semana pra vc amiga.

    beijooo.

    ResponderExcluir

Benvindos ao meu kantinho!!!

Piu Piu pra você!

Piu Piu pra você!